A cena política de Manaus começou a quinta-feira com a notícia que o deputado estadual do Amazonas, Delegado Péricles, será candidato à prefeitura de capital pelo Partido Social Liberal (PSL).

Se Péricles for mesmo o nome escolhido, outros pré-candidatos como Ricardo Nicolau, Amazonino Mendes e David Almeida terão que desistir do namoro com o PSL. Os pré-candidatos buscam uma aliança com o partido por causa do tempo no horário da propaganda política no rádio e TV.

A notícia da indicação de Péricles foi divulgada em vários portais de notícias que estão de olho nos bastidores da eleição municipal.

O portal A Repórter decidiu investigar a informação e descobriu que tudo não passa de boato de pré-campanha eleitoral.

Segundo apurou nossa reportagem, o PSL ainda não decidiu quem receberá apoio da legenda para a eleição de novembro. O nome será decidido após reunião do colegiado do partido, quando os membros decidirão se apoiam alguma chapa ou se lançam um candidato próprio à prefeitura de Manaus.

A reunião do colegiado deve acontecer nos próximos dias, segundo informou a assessoria de imprensa do PSL.

Em 2019, Delegado Péricles foi escolhido presidente do PSL-Manaus, tendo comandado o diretório na capital do Amazonas. Mas no final do ano, o deputado comunicou a seus eleitores que estava deixando o PSL-Manaus para apoiar a criação do partido Aliança pelo Brasil, que foi lançado pelo presidente Jair Bolsonaro.

O Aliança ainda aguarda autorização da Justiça Eleitoral para sair do papel.