Confronto entre Cris Monteiro e Janaína Lima já está sendo avaliado na Corregedoria da Casa.

O delegado Marco Aurélio Flóridi, do 1º Distrito Policial de São Paulo, abriu um inquérito para investigar a briga entre as vereadoras paulistanas Cris Monteiro e Janaína Lima, ambas do Partido Novo, durante sessão do dia 10 de novembro da Câmara Municipal. Ambas registraram boletins de ocorrência, uma contra a outra, por agressão. Elas também foram suspensas pelo Novo e estão sendo investigadas na Corregedoria da Câmara por quebra de decoro parlamentar, onde podem ser punidas com suspensão ou perda de mandato, mas essa investigação deve chegar a um desfecho apenas no primeiro trimestre de 2022 – a da Polícia não tem previsão para acabar. Monteiro diz ter sido agredida no banheiro da Câmara, onde teve sua peruca arrancada e foi esganada. Lima, por sua vez, afirma que tentou escapar da colega ao entrar no banheiro, mas Monteiro entrou atrás; ela relata que só agiu para se defender de agressões. A discussão teria começado por um conflito no debate sobre a ordem de quem discursaria durante o debate da reforma da previdência municipal – embora as duas vereadoras fossem a favor do projeto.

Fonte: JP Notícias