Em um eventual segundo turno entre ambos, a pesquisa mostra um empate técnico mas com tendência de vantagem para David

Candidatos foram os que mais cresceram em levantamento do Instituto Projeta, que aponta ligeira vantagem para David Almeida em um eventual segundo turno

Pesquisa realizada pelo Instituto Projeta Pesquisa de Mercado e Opinião Pública, entre 2 e 4 de setembro, mostra um crescimento nas intenções de voto em Amazonino Mendes (Podemos) e David Almeida (Avante) para a Prefeitura de Manaus.  O levantamento mostra ainda que David tem leve vantagem sobre Amazonino em um eventual segundo turno.

Em relação à primeira pesquisa realizada, Amazonino tinha 24,82% das intenções de voto e subiu para 27,9%.  Já David Almeida saltou de 12,35% para 16,1%. Em um eventual segundo turno entre ambos, a pesquisa mostra um empate técnico mas com tendência de vantagem para David: ele tem 39,7% contra 38,3% de Amazonino.  A margem de erro da pesquisa é de 3,1% percentuais e o nível de confiança é de 95%.

O terceiro colocado na pesquisa estimulada é José Ricardo (PT), que soma 7,7%¨dos votos. Aparecem em seguida:  Marcos Rotta (DEM), com 5,7%; Alfredo Nascimento (PR), com 3,6%; Capitão Alberto Neto (Republicanos), com 3,4%; Ricardo Nicolau (PSD), com 2,9%; Coronel Menezes (Patriota), com 2,8%; e Chico Preto (DC) com 2,3%. Os pré-candidatos Romero Reis (Novo) e Orsine Junior (PMN) tiveram menos de 1% das intenções de voto. Aqueles que não souberam ou não responderam somam 14,1% e nulos ou brancos

Pesquisa espontânea

O equilíbrio da disputa entre David e Amazonino também é visto na pesquisa espontânea – quando não são apresentados aos eleitores os nomes dos candidatos. Dentre os ouvidos – foram mil pessoas em três dias -, 5,7% votariam em Amazonino e 5,2%, em David Almeida.  José Ricardo teve 1% das intenções de voto e os demais, não somaram 1%. A porcentagem dos que não souberam ou não responderam foi de 85,1%.

Rejeição

Os eleitores também foram questionados sobre qual candidato não votariam de forma alguma. A liderança negativa ficou para Alfredo Nascimento, com 18,6%, seguido de perto por Amazonino Mendes, com 15,6%. Aparecem a seguir: Marcos Rotta (7,5%) e José Ricardo (7,3%), Chico Preto (3,9%), David Almeida (3%), Capitão Alberto Neto (2,5%), Coronel Menezes (2%), Ricardo Nicolau (1,6), Romero Reis (1,5%) e Orsine Junior (0,4%).


Fonte: A crítica