Flávio Bolsonaro está há seis meses no Patriota; senador não conseguiu filiar pai e irmãos.

O Patriota, partido do senador Flávio Bolsonaro, começou a conversar com Sergio Moro sobre 2022. Ovasco Resende, presidente da sigla, encontrou Moro e a presidente do Podemos, Renata Abreu, no início do mês.

A reunião marcou o primeiro contato dos dois partidos num cenário com Moro pré-candidato ao Planalto. Na conversa inicial, ficou acertado que Patriota e Podemos vão manter contato e bater o martelo sobre uma possível aliança no começo de 2022.

Flávio Bolsonaro está há seis meses no Patriota. Seu objetivo era levar o pai e os irmãos para a legenda, onde a família teria carta branca. Não deu certo. Adilson Barroso, que atraiu Flávio para a sigla, perdeu o comando do partido, com derrotas na Justiça Eleitoral e na Justiça comum.
Até o momento, Jair Bolsonaro está mais perto de ir para o PL, comandado pelo mensaleiro Valdemar da Costa Neto.

Fonte: Metrópoles