De acordo com estudo realizado durante quatro meses, enquanto os municípios vizinhos enfrentavam um aumento no ritmo da pandemia, Serrana viu o número de mortes cair em 95%.

O Instituto Butantan vai divulgar nesta segunda-feira, 31, o resultado dos estudos no município de Serrana sobre o controle da pandemia da Covid-19 com a vacina CoronaVac. A cidade do interior de São Paulo foi usada para avaliar os reflexos da imunização em massa. O Plano S, idealizado pelo próprio Instituto, avaliou que a pandemia pode ser controlada com 75% da população vacinada. A conclusão do estudo foi divulgada pelo Fantástico, da TV Globo. De acordo com a reportagem, o município de 45 mil habitantes dividiu a população em quatro grupos. Cada um foi vacinado com uma semana de diferença e de forma isolada.

Segundo a matéria, a pandemia foi controlada quando três dos quatro grupos foram imunizados. O estudo foi realizado durante 4 meses e 95,7% da população recebeu a segunda dose da vacina CoronaVac. Enquanto os municípios vizinhos enfrentavam um aumento no ritmo da pandemia, Serrana viu o número de mortes cair em 95%, os casos sintomáticos reduzirem em 80% e as hospitalizações diminuírem 86%. Em março, a cidade tinha 699 pessoas infectadas. No mês seguinte esse número foi para 251. O número de óbitos, que chegou a 20, em abril caiu para seis. A vacina que foi usada para o estudo deve ter o uso emergencial aprovado pela Organização Mundial da Saúde ainda esta semana. Especialistas da OMS vão examinar novos dados enviados pela farmacêutica Sinovac ainda nesta terça-feira.

Fonte: JP Noticias