Suspeitos mortos seriam assaltantes de agências bancárias e estariam com explosivos, além de armas de grosso calibre; confronto foi em Araçu.

Goiânia – Uma operação da Polícia Militar de Goiás (PMGO) terminou com oito mortos na madrugada desta quarta-feira (8/12). Eles são suspeitos de integrar quadrilha de roubo a agências bancárias, conforme a polícia.

A ação ocorreu em uma região de chácaras entre os municípios de Inhumas e Araçu, próximo da região metropolitana de Goiânia.

Segundo a polícia, os suspeitos baleados foram levados para uma unidade de saúde do município de Araçu. Nenhum policial teria se ferido.
Os mortos seriam integrantes de uma quadrilha especializada em roubo de agências bancárias. No local em que houve a ação policial teriam sido encontrados explosivos e armamentos de grosso calibre.

Participaram da operação equipes do Comando de Operações de Divisa (COD) e do Comando de Policiamento Rodoviária (CPR).

Novo cangaço

Segundo a PMGO, os suspeitos mortos estavam planejando uma ação conhecida como “novo cangaço” em uma cidade do interior do estado.
Os militares teriam chegado até a chácara da quadrilha através do serviço de inteligência da polícia. No entanto, os integrantes do grupo teriam reagido à abordagem policial, de acordo com a PMGO.

Foram apreendidas armas de fogo, munições de vários calibres e emulsões encartuchadas com alto poder explosivo. A PMGO vai falar sobre o caso com a imprensa às 11 horas desta quarta.
Páginas nas redes sociais voltadas para admiradores da PM publicaram vídeos e montagens comemorando a operação, com as expressões CPF cancelado, imagens de um homem vestido de demônio, uma onça preta e música do estilo de filmes de faroeste.

Fonte: Metrópoles