Último reajuste de preços feito pela companhia no país havia sido em março de 2019

Netflix anunciou que vai reajustar a partir desta quinta-feira (22) os preços de seus planos de assinatura no Brasil. Os novos valores variam de R$ 25,90 a R$ 55,90.

A mudança vale tanto para novos assinantes quanto para clientes antigos do streaming. Segundo a companhia, os assinantes atuais serão comunicados da mudança nos próximos 30 dias e terão um mês para decidir mudar ou não seus planos. A data exata da comunicação dependerá do ciclo de faturamento de cada assinante.

Com o ajuste, o plano básico (uma tela), passa de R$ 21,90 para R$ 25,90; o plano padrão (duas telas, qualidade de vídeo em Full HD), vai de R$ 32,90 para R$ 39,90; e o plano premium (quatro telas, qualidade de vídeo em Ultra HD, HDR, Dolby Atmos), sobe de R$ 45,90 para R$ 55,90.

“Acreditamos que as pessoas tenham mais escolhas do que nunca e estamos comprometidos com a entrega de uma experiência ainda melhor para nossos assinantes. Com isso, continuaremos oferecendo os melhores conteúdos, entre filmes e séries, além de uma vasta variedade de gêneros”, escreveu a companhia, em nota.

A Netflix reforça ainda que oferece três opções de plano, “para que as pessoas possam escolher um preço dentro de suas necessidades”. O último reajuste de preços no Brasil havia sido feito em março de 2019.

A companhia vem ganhando mais concorrência no mercado com a chegada de novos streamings, como Amazon Prime, HBO Max e Disney +.

Menor número de novos assinantes

Na última terça-feira (20), a Netflix divulgou seus resultados referentes ao segundo trimestre de 2021.

No período, a gigante de streaming registrou receita US$ 7,3 bilhões, em linha com o esperado pelos analistas consultados pela Refinitiv.

O número de novos clientes, contudo, veio abaixo do previsto. Foram 209 milhões de assinaturas pagas, adicionando 1,54 milhão de novos assinantes, ante o esperado de 1,75 milhão, segundo dados da Factset.

O resultado de novos assinantes parece ainda pior quando colocado ao lado dos ganhos obtidos no início da pandemia, quando a empresa adicionou mais de 10 milhões de novos assinantes no segundo trimestre de 2020. Assim, o resultado foi o pior para um trimestre na história da empresa.

Na divulgação dos resultados, a companhia se mostrou otimista com a próxima lista de conteúdos, que foi adiada para o segundo semestre deste ano e para o início de 2022.

No segundo semestre, a Netflix espera lançar novas temporadas de séries populares como “Sex Education”, “The Witcher” e “You”, bem como filmes como “Red Notice”, estrelado por Gal Gadot, Dwayne Johnson e Ryan Reynolds, e “Don’t Look Up ”, com Leonardo DiCaprio, Jennifer Lawrence, Cate Blanchett e Meryl Streep.

Fonte: Infomoney