Uma mulher de 37 anos e a entenda dela, de 17 anos, morreram no acidente.

O motorista do caminhão que esmagou um carro em Manaus, nesta sexta-feira (27), vai responder pelo crime de homicídio culposo, quando não há intenção de matar, informou o delegado Mauro Neto, do 1º Distrito Integrado de Polícia (DIP).

O acidente matou uma mulher de 37 anos e a enteada dela, de 17 anos. O carro em que elas estavam foi prensado entre uma carreta e um caminhão, na Avenida General Rodrigo Otávio, no bairro Japiim.

O delegado Mauro Neto informou à Rede Amazônica que o motorista, de 41 anos, se apresentou na delegacia, mas não deu detalhes sobre o que ocasionou o acidente.

Ele foi detido, prestou depoimento e deve ser liberado após pagar fiança de R$ 10 mil. Segundo o delegado, o veículo estava legalizado, e o motorista possui CNH.

Segundo a polícia, o acidente envolveu cinco veículos. Um carro de passeio foi prensado por uma carreta e um caminhão que transportava areia. O motorista do caminhão teria provocado o acidente, batendo na traseira do carro.

Em nota, o IMMU informou que a avenida Rodrigo Otávio é uma via que liga as zonas Leste, Norte e Sul, e tem regulamentação de tráfego de veículos pesados pelo lado direito. No momento do acidente os veículos estavam na pista destinada a eles.

Pelo menos 15 bombeiros atuaram, durante cerca de 3h30, para remover os corpos das ferragens. Eles foram removidos para o Instituto Médico Legal (IML).

Fonte: G 1