Terceiro colocado nas pesquisas presidenciais, ex-juiz precisaria aceitar disputa ao legislativo para ingressar no partido.

O ex-juiz Sergio Moro bateu o martelo e decidiu trocar o Podemos pelo União Brasil. O anúncio deve ser feito ainda nesta quinta-feira (31/3).

Sergio Moro, pré-candidato do Podemos à Presidência em 2022, negocia transferência para o União Brasil partido resultante da fusão entre DEM e PSL.
Dirigentes do União Brasil que vieram do DEM, entretanto, exigem que ele abandone a disputa presidencial e concorra a outro cargo – deputado federal, por exemplo. Esses dirigentes dizem, inclusive, que podem vetar Moro no partido se ele não desistir de tentar o Planalto.

O União Brasil já anunciou que tem pretensão de ter candidato próprio à Presidência – mas ele não seria Moro – ou negociar com a chamada terceira via um apoio já em primeiro turno.

Fonte: G1