As provas do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) programadas para acontecer nos dias 31 de janeiro e 7 de fevereiro podem ser canceladas no Amazonas por causa da pandemia do coronavírus que assola o Estado.

O cancelamento das provas em Manaus e nos 61 municípios do interior do Estado foi solicitado hoje (12) à tarde pelo vereador Amom Mandel, que entrou com ação junto à Justiça Federal.

O argumento usado na ação é que o Amazonas enfrenta um novo pico da pandemia de Covid-19, e que a realização das provas aumentaria ainda mais o número de pessoas infectadas.

O pedido de cancelamento das provas deve ser analisado pela 3ª. Vara Federal Civil. Importante destacar que a ação pede o cancelamento é destinada apenas ao Amazonas.

Hoje de manhã, a Justiça Federal de São Paulo negou um pedido da Defensoria Pública da União para que as provas do Enem fossem adiadas em todo Brasil.

De acordo com o site do Ministério da Educação, Amazonas tem aproximadamente 165 mil estudantes inscritos no Enem 2021. No Brasil, são quase seis milhões de estudantes inscritos no exame do ensino médio.