Veja imagens do novo look da atriz, uma das protagonistas da nova novela da Globo.

O elenco do remake de Pantanal, famosa novela de 1990 da Rede Manchete, se reuniu nessa segunda-feira (28/3) para assistir ao primeiro episódio nova versão da trama, agora exibida pela Globo. Quem roubou a cena na ocasião foi Juliana Paes. Uma das protagonistas da história, a atriz exibiu um visual diferenciado no evento.

A bela fez tranças no cabelo, ostentando jovialidade aos 43 anos. Ela posou sorridente para fotos sozinha e ao lado da equipe.

A bela fez tranças no cabelo, ostentando jovialidade aos 43 anos. Ela posou sorridente para fotos sozinha e ao lado da equipe.

Na nova versão da novela, Juliana interpreta Maria Marruá, mãe de Juma, a grande protagonista.

Pantanal estreou de maneira promissora. A trama ultrapassou os 30 pontos de audiência, número considerável para a realidade atual da teledramaturgia brasileira.

Camaleoa

Juliana Paes adora mudar o visual. Essa, por exemplo, não foi a primeira vez que a atriz se rendeu às tranças. Ela também já iluminou as madeixas e deixou os cachos naturais à mostra.
Em entrevista, Juliana abriu o jogo sobre sua transição capilar. Ela passou pelo processo de regate do formato original dos fios recentemente. “Fiz a transição e posso dizer que é um processo longo, extenuante, demorado e que não é fácil. Mas, depois que você passa, depois que a química sai do seu cabelo e ele volta a ficar 100% natural, é muito gratificante”, disse.

Ela ainda deu dicas simples para cuidar dos fios em casa. “Tenho usado muito azeite com baixa acidez no cabelo para dar uma hidratada. Passo à noite, faço uma trança frouxa e vou dormir. No dia seguinte, lavo como de costume e deixo ele secar naturalmente. Acho que a melhor hidratação para os cabelos é deixá-los secarem naturalmente. Não usar secador e nem babyliss. É isso que tenho tentado fazer”, revelou a mãe de Pedro, de 11 anos, e Antônio, de 8, frutos do casamento com empresário Carlos Eduardo Baptista.

https://www.instagram.com/_u/julianapaes/?utm_source=ig_embed&ig_rid=25fe43c0-d51e-4688-ac2b-02f075443d0f&ig_mid=DB614083-F366-486A-93CC-FCFAFB6AA738

Fonte: Metrópoles