A amazonense ainda chegou a relatar para suas amigas que o homem tinha “cara de malandro”.

Uma amazonense identificada como Deyna Chayena Nunes da Silva, de 29 anos, foi encontrada morta em seu apartamento na região central de Gramado, no Rio Grande do Sul. A informação foi divulgada pelo site Diário de Canoas.

Segundo a publicação, Deyna marcou um encontro com um homem ainda não identificado em um apartamento na última quinta-feira (26). Por volta das 19h58 ela chegou a enviar uma mensagem para uma amiga relatando que ele era estranho e tinha “uma cara de malandro”.

A Polícia Civil informou que a vítima parou de responder as mensagens por volta das 20h00. As amigas decidiram ir até o apartamento, que estava trancado, quando conseguiram entrar encontraram Deyna já sem vida.

O corpo da vítima estava de bruços na cama, apenas com peças íntimas. No local, perceberam que havia um travesseiro no chão sujo de maquiagem, com batom na cor que a vítima usava. O celular e o dinheiro da carteira dela que, conforme as testemunhas seria de um “programa anterior”, tinham sumido.
Deyna dividia um apartamento com algumas amigas em Criciúma (SC), mas era natural de Manaus. A polícia não descarta que ela tinha sido vítima de latrocínio e violência sexual.

Os familiares da vítima ainda não se manifestaram sobre o ocorrido.

Fonte: Foco Amazônico