Participantes reclamam do modelo de “dupla classificação”, introduzido pelo MEC no ano passado e que eleva nota de corte.

Terminam nesta sexta-feira (9/4) as inscrições no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), programa do governo federal que dá acesso aos cursos de graduação oferecidos por universidades públicas brasileiras. Candidatos têm reclamado do modelo, que funciona por meio de um ranking das notas no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

A classificação de aprovados pode ter alterações no período em que o Sisu opera, iniciado na última terça-feira (6/4). Isso ocorre porque, durante os quatro dias, o inscrito tem direito de mudar as opções de curso e universidade.

A entrada repentina de alguém com bom desempenho pode bagunçar a tabela de classificação.

Dupla classificação

Nas redes sociais, estudantes se queixam do modelo de “dupla classificação”, introduzido pelo Ministério da Educação (MEC) em 2020 e mantido neste ano. Nesse modelo, a nota de um candidato é ranqueada nas duas escolhas de curso/universidade —- embora, ao final, a matrícula só possa ser feita apenas na opção indicada como principal.

Ou seja, a pontuação no Enem que está elevando a nota de corte pode ser descartada da disputa ao encerramento das inscrições.

Neste ano, com a manutenção do sistema de “dupla classificação”, as reclamações se repetiram. Candidatos questionaram se a nota de corte visualizada era “real”.

Para se inscrever no Sisu do 1º semestre de 2021 é necessário não ter zerado a redação no Enem 2020, além de ter alcançado boas pontuações nas provas objetivas das áreas de matemática, linguagens, ciências humanas e ciências da natureza.

O programa conta com uma chamada única que será liberada no dia 13 de abril. Os aprovados terão entre 14 e 19 de abril para efetuar a matrícula ou o registro acadêmico na instituição de ensino para a qual for selecionado. Quem não for convocado pode integrar a lista de espera entre os dias 13 a 19 de abril.

Cronograma Sisu 2021.1

Inscrições: de 6 a 9 de abril
Resultado da chamada única: 13 de abril
Matrícula ou registro acadêmico: de 14 a 19 de abril
Manifestar interesse em participar da lista de espera: de 13 a 19 de abril

Fonte: Metrópoles