Movimento #guns4ukraine visa retirar fuzis de circulação e ajudar no combate contra a Rússia.

A cidade de Miami, nos Estados Unidos, lançou uma iniciativa para retirar de circulação armas, especialmente fuzis como AR-15 e AK-47, e enviá-las para apoiar a Ucrânia na guerra com a Rússia. A iniciativa #guns4ukraine, promovida pelo comissário do Distrito 2, Ken Russell, em colaboração com o Departamento de Polícia local, tem como objetivo coletar o maior número possível de armas ilegais ou não licenciadas e enviá-las como ajuda para o país invadido pela Rússia. A entrega pode ser feita no próximo sábado na prefeitura, e “nenhuma pergunta será feita” a quem optar por fazê-lo. “As armas apropriadas serão enviadas à Ucrânia para apoiar seus esforços”, disse Russell nesta quarta-feira em redes sociais. O cartaz da iniciativa afirma que ela é um “esforço para tirar as armas das ruas” e que, para cada arma entregue, o proprietário receberá um bônus de US$ 50 por uma arma curta, US$ 100 por um rifle ou escopeta e US$ 150 por fuzis de grosso calibre.

 

 

 

Fonte: JP Notícias