O produtor de conteúdo e ativista do movimento Corpo Livre, Caio Revela, postou uma foto curtindo a temporada e fez sucesso na web.

Quando chega o Verão, os biquínis, sungas e maiôs saem do armário. Em homenagem ao início da estação mais quente do ano, o stylist e ativista do movimento Corpo Livre, Caio Revela, reproduziu um clássico das fotos da temporada: aquelas tomando um belo banho de chuveiro, “curtindo sem medo e ajeitando a sunga com uma leve sensualidade”.

A publicação, com mais de 11 mil curtidas e 350 comentários, mostra o clique de Caio ao lado de uma foto do influenciador Erasmo Viana. Ao Metrópoles, o produtor de conteúdo explicou que a intenção da foto não é fazer uma crítica ao namorado de Gabriela Pugliesi, mas incentivar a representatividade.

“No final das contas, tudo que a gente quer é se sentir representado e saber que existem pessoas com corpos parecidos com os nossos e que tá tudo bem ter corpos diferentes”, diz.

Caio faz parte da luta contra a gordofobia e defende o movimento Corpo Livre justamente para que as pessoas se aceitem como são. Estar confortável e satisfeito com o próprio corpo é um ato revolucionário, experiência que Caio compartilha com os mais de 100 mil seguidores.

De acordo com ele, no universo das mídias sociais, “em que 98% das publicações seguem um rígido padrão estético”, é importante repetir que não é preciso uma barriga de tanquinho ou um bumbum torneado para se permitir fazer uma foto no chuveiro e para aproveitar o melhor da temporada.

Entre os comentários, vários seguidores compartilharam que sentem vontade de reproduzir uma foto como essa e foram inspirados pelo clique do influenciador. “Vou te copiar na próxima vez que tomar banho de chuveiro”, escreveu uma seguidora. “Nada de críticas, todo corpo é lindo”, comentou outra.

“Todo mundo que tem o corpo fora do padrão tem alguma história de se esconder no Verão ou de não querer ir à praia”, afirma Caio. A história dele, por exemplo, era mentir que tinha alergia a cloro para não tirar a camisa e curtir a piscina. “Por isso, eu acredito que as pessoas se identificam tanto com o movimento”, completa.

No instagram, o produtor de conteúdo esbanja amor próprio e aceitação.

Fonte: Metrópoles