Número foi registrado em dois dias de agendamento pelo aplicativo.

Dos 1.597 agendamentos realizados por meio do aplicativo PAC Digital, da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc), para quinta e sexta-feira (14 e 15/10), cerca de 965 pessoas faltaram no dia e hora marcados. Isso representa uma média de 60% de ausentes para a emissão da 1ª via e 2ª via do Registro Geral (RG).

O levantamento realizado pela equipe do Sasi inclui as nove unidades do Pronto Atendimento ao Cidadão (PAC) da capital. Na unidade do Sumaúma, por exemplo, dos 200 agendamentos feitos pelo aplicativo, apenas 85 pessoas compareceram no dia marcado.

De acordo com a secretária titular da Sejusc, Mirtes Salles, o número de solicitações do serviço impressionou na primeira semana. No entanto, a preocupação é com os faltosos, que acabam tirando a vaga de quem realmente precisa da identidade.

“O aplicativo lançado pelo Governo do Estado foi para agilizar e melhorar o serviço da emissão de RGs. Mas é preciso a compreensão da população em agendar apenas se for realmente necessário e não deixar de comparecer no dia, hora e local marcados”, ressaltou Mirtes.

A Sejusc e o Sasi têm trabalhado para os ajustes no aplicativo, e uma das medidas tomadas vai ser o bloqueio temporário por 30 dias, depois da segunda falta registrada. Com isso, o objetivo é valorizar e atender as pessoas que necessitam do documento.

Funcionamento – O primeiro passo é baixar o aplicativo Sasi, fazer o cadastro e depois colocar o código “SJPAC”. Em seguida, é só acessar o primeiro canal, que é o de pedido de agendamento, podendo ser feito tanto para a pessoa quanto para terceiros.

Após a solicitação feita, a pessoa recebe uma mensagem, pelo e-mail e telefone cadastrados no aplicativo, em até 72 horas, com a confirmação do serviço.

Além do agendamento, o aplicativo também conta com as abas “Conheça o PAC”, “Notícias”, “Sugestões e Reclamações”, e está disponível para celulares Android e iPhone (iOS).

FOTOS: Denise Pêgo/Sejusc