O “soldado do tráfico” João Paulo de Souza Fábio, 22, foi assassinado quase no final da noite do último sábado, 2, por dois pistoleiros, que dispararam um total de 11 tiros contra a cabeça, costas e peito de “Fabinho”, como ele era mais conhecido.

O crime aconteceu por volta das 23h30, na Rua São Paulo, Bairro da Compensa, Zona Oeste, e de acordo com as testemunhas, “Fabinho” tentou fugir mas os dois homens correram atrás dele e depois que caiu com um tiro nas costas e foi executado com outros dez tiros.

Pelo que os policiais da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) ouviram das pessoas que presenciaram o crime, foi realmente uma execução sumária, e os pistoleiros ainda chamavam a vítima de “X-9” e “CV cu”, enquanto disparavam os tiros.

O tenente PM Bahiense, comandando uma guarnição da 8ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), foi primeiro a chegar ao local da execução e foi realizada uma busca em toda a área do crime, mas os dois pistoleiros não foram localizados.

Um perito Criminal do Departamento de Polícia Técnico-Científica da Polícia Civil examinou o corpo de “Fabinho” e revelou para os policiais da Delegacia de Homicídios que os tiros foram disparados de pistolas calibre 380 e pelo menos sete deles atingiram a cabeça da vítima.

Várias cápsulas de pistola foram recolhidas e devem ser levadas para exame de balística que pode ajudar na parte técnica da investigação sobre o crime. O corpo de “Fabinho” foi removido do local no começo da madrugada deste domingo pela equipe do IML.

Imagens Fortes:

 

 

Fonte: Opinião Manauara, Portal do Zacarias.