Com transmissão de lives nesta sexta (11), projeto contemplado pela Lei Aldir Blanc pretende resgatar o processo histórico do cenário artístico do Estado.

Contemplada pelo “Prêmio Manaus de Conexões Culturais – Lei Aldir Blanc”, com o projeto “Registros, Histórias e Narrativas sobre a Arte Amazonense – Teatro – Capítulo 1”, a atriz, diretora de teatro e produtora cultural Ana Cláudia Motta realiza nesta sexta (11) uma série de lives para dar início ao processo de construção histórica das artes no Amazonas. As transmissões acontecem a partir de 8h30 no Facebook e no Canal no Youtube da Associação ArtBrasil.

O primeiro capítulo envolve cinco representantes da modalidade artística no Estado. Fundadora da Associação ArtBrasil, com 28 anos de carreira artística, Ana Cláudia explica que o objetivo do projeto é registrar entrevistas com personalidades que contribuíram para o cenário artístico do Estado. “A partir destas lives, será feito um levantamento da biografia e trajetória artística e/ou de produção/gestão cultural dos profissionais selecionados”, pontua.

As transmissões desta sexta (11) têm início com a participação de Jorge Bandeira, diretor de teatro, produtor cultural, dramaturgo, crítico e também ator, que atuou em mais de 20 espetáculos, como “O Alienista”, baseado na obra de Machado de Assis. Às 10h, é a vez de Narda Telles, a atriz, diretora de teatro e produtora cultural com mais de 40 anos de carreira artística, que já foi presidente da Associação Amazônia Arte-Mythos.
Já às 11h30, quem dá as caras é o dramaturgo e produtor cultural Douglas Rodrigues, que já exerceu cargo de Conselheiro Municipal de Cultura e foi Presidente e Vice-presidente da Federação de Teatro do Amazonas (Fetam), chegando a receber, em 2012, a Menção Honrosa da Câmara Municipal de Manaus (CMM) pela contribuição à cultura do Amazonas.

Na parte da tarde, às 14h, acontece a conversa com o cineasta Sérgio Cardoso, que, além de dirigir 23 documentários e um filme de ficção, assinou variados projetos de Cenotécnicas (pesquisa cenográfica), incluindo no Teatro da Instalação, no Cine Teatro Guarany, no Teatro Gebes Medeiros e no Teatro Jorge Bonates.

Para encerrar as transmissões, a última entrevista, a partir de 15h30, conta com a participação de Robério Braga, que foi Secretário de Estado de Cultura do Amazonas e diretor da Escola de Artes e Turismo da UEA, bem como presidente do Conselho Estadual de Cultura, do Instituto Geográfico e Histórico do Amazonas e da Academia Amazonense de Letras (AAL).

Serviço:
O quê: Lives do Projeto “Registros, Histórias e Narrativas sobre a Arte Amazonense”
Quando: nesta sexta (11)
Horário: 08:30h com Jorge Bandeira/ 10h com Narda Telles/ 11h30 com Douglas Rodrigues/ 14h com Sérgio Cardoso/ 15h30 com Robério Braga
Onde: por meio do Facebook e do Canal no Youtube da Associação ArtBrasil

Fonte: Maze Mourao