A Assembleia Legislativa do Amazonas pode reduzir o número de sessões virtuais na semana, passando de três reuniões para apenas uma. A proposta partiu de um grupo de 13 deputados (cujos nomes ainda não foram divulgados) e foi apresentada à presidência da Assembleia.

Segundo a proposta, as sessões virtuais que acontecem às terças, quartas e quintas-feiras seriam reduzidas para apenas uma reunião semanal, realizada às quartas-feiras.

A medida precisa ser aprovada em plenário virtual para ser colocada em prática.

Os deputados favoráveis à mudança argumentam que a redução das sessões é motivada pela pandemia de coronavírus no Amazonas. Os parlamentares citam as mudanças promovidas pelo Congresso Nacional, onde as sessões da Câmara e do Senado são realizadas virtualmente apenas para deliberação de matérias de relevância para o País.

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Josué Neto, já recebeu o documento assinado por 13 parlamentares, e deve colocar a proposta em votação na próxima semana.

O assunto promete esquentar os debates no plenário virtual, cujas sessões são transmitidas ao vivo pelo Facebook e Youtube, de terça a quinta-feira, a partir das 9h.