O Governo do Amazonas, por meio do Centro de Serviços Compartilhados (CSC-AM), realizou, nesta terça-feira (02/02), às 9h, em sua sede, o chamamento público nº 009/2021, que visa receber propostas de empresa para atender as necessidades da rede de saúde do Estado no enfrentamento do novo coronavírus.

O chamamento está sendo realizado desde o dia 11 de janeiro e chegou a sua nona edição, com a realização de sessão para a contratação de empresa que forneça usinas de oxigênio.

De acordo com o presidente do CSC-AM, Walter Brito, o chamamento é aberto para todas as empresas que atendam os requisitos descritos no edital e que sigam as solicitações do projeto básico. Após o recebimento das propostas das empresas, a ata do processo será enviada à Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM) que dará continuidade ao trâmite.

“Fizemos a análise das propostas e valores apresentados, agora o processo será enviado para a SES, que dará prosseguimento à seleção e eventual contratação da empresa que tenha apresentado a melhor proposta e esteja apta, ou seja, tenha o melhor preço”, disse o presidente.

Serviços – Foram abertos chamamentos públicos para prestação de nove serviços, sendo oito para o Hospital Nilton Lins e um para a rede estadual de saúde.

São eles: procedimentos em nefrologia e terapia renal substitutiva; serviços de lavanderia hospitalar externa; diagnóstico por imagem; locação de um contêiner frigorífico; serviços médicos de cirurgião vascular; apoio administrativo, maqueiro e agente de portaria; conservação e limpeza; serviços de TI; e fornecimento de equipamentos geradores de gases medicinais.

FOTOS: Lucas Pimentel