Entre os investimentos feitos pelo Governo do Estado, no município de Silves, estão a manutenção de rodovias e a revitalização de duas escolas

Por meio da Secretaria de Infraestrutura e Região Metropolitana de Manaus (Seinfra), o Governo do Estado está realizando obras de recuperação das rodovias AM-330, a estrada de Silves, que recebe serviços em 15,9 quilômetros; e AM-363, estrada que liga Silves ao município de Itapiranga, que recebe serviços em 101,30 quilômetros.

As obras fazem parte do contrato CT-00037/2020-Seinfra, o qual prevê a conservação e manutenção das rodovias estaduais do Lote 01 (AM-330 e AM-363), e incluem ainda a recuperação de 2,40 quilômetros da AM-328, a estrada de Itapiranga, município vizinho, e cinco quilômetros da AM-451, estrada do aeroporto de Itacoatiara. O valor total do contrato é de R$ 17.950.673,67 e a obra, que gera cerca de 300 empregos diretos e indiretos, está 44% concluída.

Outra obra em execução, em Silves, corresponde ao contrato CT-00028/2019-Seinfra, que prevê a recuperação de processos erosivos no km 7, da estrada de Silves. O contrato inclui também obras em Itapiranga, nos quilômetros 71 é 81 da estrada que dá acesso ao município. O valor total do contrato é de R$ 3.764.293,99.

Os serviços em execução incluem terraplenagem, pavimentação, drenagem e sinalização. A obra apresenta o percentual de 65% de conclusão e está gerando cerca de 120 empregos diretos e indiretos.

Educação – Em Silves, duas escolas estaduais serão revitalizadas em 2021: a Escola Estadual Humberto de Alencar Castelo Branco e a Escola Estadual 5 de Setembro. O investimento estimado é R$ 500 mil.

A gestora da Escola Estadual Humberto de Alencar Castelo Branco, Cleide Corrêa Libório, destaca a importância da revitalização para a comunidade acadêmica. “Essa luta vem de muito antes, esses reparos na escola, pintura, vem muito, muito antes atrás. Eu já fui aluna dessa escola, hoje sou professora nessa escola também, estou como gestora e esse sonho, que a nossa escola receba essa revitalização, é grande. A nossa escola é uma escola referência, é uma escola estadual onde os pais vêm e querem que os filhos estudem aqui. É um sonho da comunidade, é um sonho dos professores, é um sonho dos alunos para que isso aconteça”, ressalta a gestora da unidade educacional, que tem 906 alunos nos níveis Fundamental, Médio, Técnico e Ensino de Jovens e Adultos (EJA).

Fotos: Arthur Castro/Secom