Evento online acontece pelos sites Cine Set e Videocamp e terá premiação em várias categorias.

O Festival de cinema Olha do Norte começa neste sábado (5) com 10 filmes da região, incluindo representantes do Amazonas, Pará e Rondônia. O evento é online e acontece pelos sites Cine Set e Videocamp.
Serão exibidos 26 curtas-metragens, 2 longas-metragens, 3 masterclasses, 1 mesa redonda, e 7 sessões de debates.

A mostra é competitiva e vai premiar nas categorias Melhor Filme, Melhor Filme Voto Popular, Direção, Roteiro, 2 Prêmios de atuação, Direção de Fotografia, Direção de Arte, Montagem e Som. A cerimônia de premiação acontece no dia 7 de dezembro, às 20 horas pelo canal do Cine Set no Youtube.

No festival está programada também a Mostra Olhar da Pandemia, com 13 filmes de todo o Brasil. Fazem parte desta mostra filmes do Amazonas, Paraíba, Pernambuco, Sergipe e São Paulo, que também estão concorrendo a prêmios.

Três curtas-metragens amazonenses foram convidados para integrar a programação do festival: O Barco e O Rio, de Bernardo Ale Abinader; Manaus Hot City, de Rafael Ramos; e Sons do Igarapé, de Victor Kaleb.

Competição

Os filmes foram divididos em dois grupos: o primeiro será disponibilizado ao público às 00:00 do dia 5 de dezembro, e sai do ar às 23:59; o segundo fica disponível de 00:00 a 23:59 do dia 6 de dezembro. Todos os curtas voltarão a ficar disponíveis durante o dia 7 de dezembro. Para a votação de Melhor Filme Voto Popular só serão válidos os votos no dia que o filme estiver liberado para o público. Os votos no dia 7 de dezembro não serão computados.

Além dos curtas, dois longas de destaque no cenário nacional serão disponibilizados ao público. No dia 6 de dezembro, às 19h, será exibido Cavalo, de Rafhael Barbosa e Werner Salles. No dia 7, às 18h, a vez será do longa paraense O Reflexo do Lago, de Fernando Segtowick.

Os filmes estarão hospedados no site da Videocamp, e também podem ser acessados pelo Cine Set. Os debates, bate-papos e a cerimônia de premiação acontecerão pelo canal do Cine Set no Youtube.

Fonte: G 1 Am