Roger e Rodrigo Moreira alegam que o pai não tem condições de gerir os próprios bens e está passando por maus tratos. Cid e Fátima divulgaram vídeo falando sobre a vida a dois e negando.

Os filhos do jornalista Cid Moreira entraram com ação judicial no Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ), na última terça-feira, 20. Roger e Rodrigo Moreira, alegam que o pai, o ex-apresentador de 93 anos, apresenta sintomas de demência e tem a liberdade limitada pela esposa, Fátima Sampaio, de 58 anos. As informações foram divulgadas pelo UOL.

A polêmica veio à público quando Roger, filho adotivo de Cid, contou em entrevista à jornalista Fabíola Reipert, do Balanço Geral, que recebeu um e-mail do pai informando que foi um engano adotá-lo e que ele seria deserdado. Segundo Roger, o afastamento entre os dois começou quando ele assumiu um relacionamento amoroso.

O filho biológico de Cid, Rodrigo Moreira, também foi ao programa e alegou abandono paterno. “Essa confusão que aconteceu com Roger (também) aconteceu comigo a vida inteira”, afirmou. Ele chegou a abrir um processo contra Cid, mas perdeu a ação na qual pedia R$ 1 milhão na Justiça por abandono afetivo.

Juntos, os filhos de Cid Moreira alegam que o pai está em privação de liberdade. Em processo judicial, apontam a necessidade de uma tutela de urgência. Segundo eles, o pai é um idoso senil, que está passando por maus tratos causados pela esposa.

Em vídeo publicado no perfil do Instagram, Cid e Fátima negam as acusações feitas pelos filhos do locutor. Sentados à mesa, a mulher inicia a conversa: “Ih, amore mio, o negócio tá feio para mim lá fora, hein?”. O jornalista, então, responde: “Não sei por quê. Você foi a minha escolhida, estamos juntos”.

Em outro vídeo, também publicado em seu perfil do Instagram, o jornalista aparece tomando sol quando a esposa chega vestindo um avental e avisando ter uma ligação para ele. Cid questiona sobre o almoço do dia e os dois começam uma conversa sobre o cardápio.

O filho adotivo aponta que a madrasta “manipulou” Cid nas postagens, inclusive orientando sobre as falas ditas em vídeos postados após o processo aberto na vara de família de Petrópolis, Rio de Janeiro.

O Instagram é praticamente dela. Ele não tem esse uso de tecnologia, nunca teve. Você nunca vai ver ele fazendo e postando. Ela trata ele como um bebê, um fantoche. É possível ver que ela está lidando com uma pessoa que age como uma criança. Muita gente viu como deboche, mas ele está agindo dessa forma. Ele não tem mais noção da gravidade do que está acontecendo. Ele não consegue mais se impor.

Roger Moreira, filho adotivo de Cid Moreira, ao UOL

Roger afirma que Fátima e Cid são cercados atualmente por pessoas que possuem interesses financeiros. Os amigos e pessoas próximas teriam acordos com a empresa que gere os contratos e valores movimentados pelo apresentador.

Segundo o cabeleireiro, a empresa, que antes continha o nome do casal, agora pertence apenas a Fátima. Ele afirma que a mulher do jornalista vende propriedades que pertencem ao patrimônio de Cid e fica com total poder sobre o dinheiro.

Se você tem uma conta no seu nome e que recebe tudo, você é pessoa que manda no dinheiro. Ela faz uma espécie de blindagem, uma alienação para ele entender que isso é o certo. Ele não está mais em condições de avaliar como ela está conduzindo.

Roger Moreira

Em seu posicionamento compartilhado nas redes sociais, Fátima Moreira destacou que, quando conheceu Cid, o cabeleireiro ainda não havia sido adotado pelo jornalista.

Cheguei na vida do Cid em 2000, nos conhecemos no Ceará e esse moço estava com ele, ainda não era adotado. Já era um moço adulto e fazia dois anos que ele [Cid] havia se separado da tia desse rapaz — ele é adotado pelo Cid e pela tia. Não é uma questão para eu julgar o porquê fizeram isso. Ele já era adulto. O Cid conheceu ele e os dois irmãos e ajudaram a mãe e o pai dele a se instalarem aqui. Cid ajudou ele a montar uma loja no Leblon, porque era isso que ele fazia no Sul. Ele voltou ao Rio Grande do Sul e o Roger voltou algumas vezes para cá na adolescência dele.

Fátima Sampaio Moreira, mulher de Cid Moreira

“Não tinha mais sociedade com a ex-mulher, mais nenhuma relação profissional com ele. Estávamos fora do país quando saiu a notícia, foi constrangedor. Eles pararam de relacionar”, completou Fátima.