Inscrições para o Provão Eletrônico iniciam na quarta-feira (25/11), na Escola Estadual Mayara Redman

A Escola Estadual (EE) de Atendimento Específico Mayara Redman Abdel Aziz, na zona centro-sul de Manaus, foi o local escolhido pela Secretaria de Estado de Educação e Desporto para sediar o primeiro polo voltado exclusivamente ao público com deficiência que tem interesse em concluir os estudos, por meio do Provão Eletrônico. As inscrições para o exame supletivo iniciam nesta quarta-feira (25/11), de maneira presencial, na unidade de ensino.

De acordo com a coordenadora do Provão Eletrônico, Kátia Mendes, será elaborado um cronograma para que, em cada dia de prova, seja atendido um público com deficiência específica. “Com a inscrição presencial, teremos um controle maior e poderemos preparar melhor nossos profissionais que estarão acompanhando a aplicação”, completou a coordenadora.

Dessa forma, os estudantes que realizarão o exame supletivo receberão o auxílio de ledores, intérpretes de libras e demais profissionais capacitados para que o Provão seja concluído com sucesso. “Vale lembrar que o polo da EE Mayara Redman atenderá somente o público com deficiência. As inscrições gerais da prova deverão ser retomadas no início de 2021”, reforçou Kátia.

Sobre o Provão – A modalidade permite que os inscritos façam até quatro matérias em cada prova. Para o Ensino Fundamental, são oito componentes curriculares e, para o Médio, 12. Ao fim do exame, o aluno já sabe se foi aprovado. Quem quitar as pendências de matérias deve solicitar o certificado na Gerência de Atendimento Educacional Específico e da Diversidade (Gaeed), na sede da Secretaria de Educação, na rua Waldemiro Lustoza, 250, bairro Japiim.

O candidato tem de 50 a 60 minutos para responder a 20 questões de cada componente curricular e precisa acertar pelo menos 12 para ser aprovado.

FOTOS: Secom