A morte de uma criança de apenas um ano e seis meses na noite deste domingo (20) causou revolta na população de Barreirinha, a 331 quilômetros de Manaus, capital do Amazonas.

Imagem da pequena vítima Cibele Silva

O caso ocorreu após o padrasto ser preso na delegacia do município, suspeito de ter estuprado a bebê causando sua morte. Segundo informações, a mãe da criança também estaria detida por ter sido conivente com o fato.

Em busca de justiça com as próprias mãos, a população depredou a delegacia e ateou fogo em uma viatura. Veja o vídeo via Instagram.

Devido a manifestação, presos conseguiram fugir das celas. Na ocasião um jovem de 20 anos foi baleado no pescoço indo a óbito no local. De acordo com informações, pelo menos mais quatro pessoas foram baleadas e uma se encontra internada em estado grave.

Foto de um dos manifestantes morto após um tiro no pescoço

Um reforço policial do município de Parintins foi solicitado.

Reforço policial enviado ao município

Em breve mais informações.