A pesquisa considera dados de pessoas que tiveram contato com o vírus entre os meses de março e outubro.

Um estudo publicado na Revista Science, realizado por brasileiros, aponta que 76% dos moradores de Manaus, capital do Amazonas, já têm anticorpos contra a Covid-19. A pesquisa coletou dados de pessoas que tiveram contato com o vírus entre os meses de março e outubro. Dentro deste mesmo período, na capital paulista, a taxa de população com anticorpos é de 29%. Hipoteticamente, onde todos estão expostos ao vírus nas mesmas condições, a imunidade de rebanho é atingida quando 66% da população já foi infectada. No entanto, os pesquisadores acreditam que a transmissão do vírus só chegará ao fim por conta própria quando mais de 90% da população for contaminada.

Mas a imunidade de rebanho tem um preço alto: a contaminação em massa acarreta em superlotação de hospitais e cemitérios, cenas que foram recorrentes na capital amazonense, uma das cidades mais afetadas pela doença. A situação se torna ainda mais complexa com a indefinição do orçamento para 2021, e as secretarias de saúde temem redução de verbas. Os estados e municípios avaliam que, apesar da vacinação ao longo do ano que vem, os efeitos da pandemia vão persistir. O Congresso Nacional ainda não aprovou a projeção de gastos federais. O coordenador financeiro do Conselho Nacional de Secretários de Saúde, Antônio de Oliveira Júnior, lamenta a demora em aprovar o orçamento.

“O orçamento não pode estar, de maneira alguma, desvinculado de um planejamento. Se ele estiver desvinculado ele é apenas uma peça burocrática. E aí, muitas vezes, se esquece o que se planejou, aquilo que tem que ser feito de acordo com o que estabelecemos nos limites territoriais para que consiga atender a população de uma maneira adequada nas suas necessidades”, comenta. O Brasil está se aproximando da marca de 180 mil mortes causadas pelo coronavírus. De acordo com dados emitidos pelo Ministério da Saúde, o país já registra 178.159 óbitos, sendo 842 deles registrados nas últimas 24 horas. O número de infectados é superior a 6,6 milhões. Até agora, mais de 5,8 milhões de pessoas já se recuperaram do coronavírus no país.

Fonte: JP