Deputado ironizou o fato do senador, que é delegado, ser desarmamentista. O parlamentar do PSDB não deixou barato.

A frustração governista com a relutância da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado Federal em votar o Projeto de Lei 3.723/2019 provocou uma discussão entre o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PL-SP) e o senador Alessandro Vieira (PSDB-SE). Os parlamentares trocaram farpas no Twitter sobre a proposta legislativa que amplia e facilita o acesso de armas a novas categorias.

O filho do presidente Jair Bolsonaro (PL) criticou o fato de Vieira, que é delegado, ser, segundo ele, “o mais atuante desarmamentista do Congresso”. “Porte para ele, desarmamento para você”, ironizou o deputado, que foi prontamente rebatido pelo senador: “Deixe de ser preguiçoso e vá ler o texto”.

“A nossa proposta protege os CAC’s e atende aos interesses reais da Segurança Pública e dos brasileiros que desejam ter acesso a armas de fogo. Só não atende aos interesses de miliciano e fabricante de arma, mas não represento essa turma”, completou o tucano.
Veja:

https://twitter.com/BolsonaroSP?ref_src=twsrc%5Etfw%7Ctwcamp%5Etweetembed%7Ctwterm%5E1511709762106318853%7Ctwgr%5E%7Ctwcon%5Es1_&ref_url=https%3A%2F%2Fwww.metropoles.com%2Fbrasil%2Fpolitica-brasil%2Feduardo-bolsonaro-troca-farpas-com-senador-sobre-projeto-de-armas

https://twitter.com/BolsonaroSP?ref_src=twsrc%5Etfw%7Ctwcamp%5Etweetembed%7Ctwterm%5E1511739006458941446%7Ctwgr%5E%7Ctwcon%5Es2_&ref_url=https%3A%2F%2Fwww.metropoles.com%2Fbrasil%2Fpolitica-brasil%2Feduardo-bolsonaro-troca-farpas-com-senador-sobre-projeto-de-armas

Fonte: Metrópoles