O artista vinha tratando um câncer renal metastático, e foi internado em março com complicações da doença.

Dudy Cardoso, compositor do grupo Biquini Cavadão, morreu nessa quinta-feira (7/4) aos 39 anos. O artista vinha tratando um câncer renal metastático, e foi internado em março com complicações da doença.

A notícia foi confirmada no perfil oficial de Dudy Cardoso no Instagram. “Infelizmente trago más notícias e venho infomrar sobre o falecimento do Dudy hoje dia 6/4. O velório será amanhã a partir das 7:00 da manhã no cemitério do Morumby e o enterro às 11:00 no mesmo local”, diz o post, feito por Adriana, companheira do artista.

“Triste comunicado. Peço a todos as mais elevadas vibrações para que a passagem do amor da minha vida seja feita da forma mais tranquila possível e que vcs possam retribuir o amor e a alegria que ele sempre trouxe para a vida de todos que tiveram o privilégio de conhecer e conviver com esse ser de tanta luz!!”, completa a legenda da publicação.

O perfil oficial do Biquini Cavadão também lamentou a morte do amigo: “Ainda estamos pasmos com sua partida. Foi uma longa luta ‘colhendo flores por toda caminhada’. Você sorriu sempre, diante de todos os percalços, com a coragem de quem sabe que ‘a vida passa em menos de um segundo’, e partiu ‘exatamente como nós não planejamos’”, diz um trecho do texto.

Trajetória

A primeira música que Dudy compôs para o Biquini Cavadão foi Antes do Mundo Acabar, em 2007, para o álbum Só Quem Sonha Acordado vê o Sol Nascer.

Ele lançou três discos solo, sendo eles Bela Imperfeição (2012), Ao Vivo na RaMo (2013) e Multiverso (2019). Já para o grupo, ele é responsável por músicas como Roda Gigante, Um Rio Sempre Beija o Mar e mais.

https://www.instagram.com/_u/dudy_cardoso/?utm_source=ig_embed&ig_rid=ab79c12c-57ef-4cbb-8e98-e0f53cdf00e8&ig_mid=75223C18-579F-481E-B3BB-7078A103AC35

Fonte: Metrópoles