Manaus/AM – O dono do Pagode do P10, Rafael Moura Cunha, de 40 anos, foi assassinado a tiros na noite desta quinta-feira (2), quando um motociclista o surpreendeu enquanto saía do carro blindado na avenida Carlota Joaquina, do bairro do Parque Dez, na zona centro-sul.

Rafael, que também era proprietário do Fast Temaki, do Blend Café Lounge, do Equador Energia e da Puraka Mídia, foi atingido com tiros na cabeça.

Nas redes sociais, a Puraka Mídia publicou uma nota de pesar pela morte do empresário.
“É com profundo pesar que informamos a morte de  Rafael Moura Cunha. Que sua luz, força, alegria, seu vigor e companheirismo permaneçam sempre entre nós. Ilumine nosso caminho daí de cima, papai Puraka!”, diz a nota.
A vítima ainda recebeu atendimento dos agentes do Samu, mas não resistiu aos ferimentos.
O caso segue em investigação.

Fonte: portaldoHolanda