Moeda americana enfrentou forte desvalorização frente ao real durante todo o mês de março.

O dólar americano opera em queda nesta sexta-feira, 1º de abril, frente ao real. Na cotação do dia, houve uma variação negativa de 1,34%, levando ao mínimo de R$ 4,69 e tendo sido a máxima de R$ 4,73. A movimentação aponta para uma nova desvalorização semanal da moeda norte-americana em relação ao Brasil, reflexo de temores de investidores de uma recessão exterior e dos números mais fracos do relatório do mercado de trabalho dos Estados Unidos. No encerramento da última quinta-feira, 31, a cotação da moeda americana já havia se aproximado do patamar atual, tendo fechado o dia em R$ 4,73, de acordo com informações do Banco Central do Brasil. Ao longo do mês de março, o dólar enfrentou uma forte desvalorização, tendo caído do patamar de R$ 5,13 no dia 2. A queda da moeda americana frente ao real também foi motivada pelo anúncio do presidente Joe Biden de liberação diária de 1 milhão de barris de petróleo das reservas estratégicas do país pelos próximos seis meses, como medida para conter a alta dos combustíveis. No Brasil, os investidores se basearam, na última quinta-feira, nas mudanças políticas para as eleições de 2022 e o recuo da taxa de desemprego no trimestre encerrado em fevereiro.

Fonte: JP Notícias