Candidata a prefeita de São Paulo, Joice Hasselmann decidiu usar a seu favor as críticas a sua aparência para fazer campanha. Como é chamada constantemente de Miss Piggy, de “Os Muppets”, a integrante do PSL usou imagens do filme para simular os personagens cantando seu jingle. Mas há um problema: a Disney, detentora dos direitos do clássico filme dos bonecos, não autorizou a deputada a utilizar as imagens.

A Disney não autorizou a utilização das imagens”, diz a empresa de mídia em nota.

Sobre as medidas a serem tomadas, a Disney não especificou os próximos passos, já que em nova nota, disse que não irá fazer nenhum outro comentário adicional à imprensa.

Joice publicou o vídeo da campanha em suas redes sociais, seguida da hashtag: “sextou”. Procurada por reportagens para dar sua versão , a equipe de campanha da candidata disse que não irá se manifestar.

Pela lei de direito autoral do Brasil, a reprodução de imagens de filmes e séries, como é o caso do vídeo da campanha de Joice, necessita ser adquirida ou autorizada. Se configurado crime, o uso indevido pode acarretar de 2 a 4 anos de prisão.

Críticas de bolsonaristas

Desde a sua saída do governo, Joice Hasselmann foi atacada incluindo por bolsonaristas. A referência a “Peppa pig”, personagem infantil que é uma porca, é um apelido ofensivo, por citar o peso da deputada. No Twitter, apoiadores do Presidente ironizaram o vídeo da candidata a prefeitura de SP.

“Eu achei que era zoeira do Twitter, mas é a propaganda oficial de quem perde pra margem de erro na cidade de São Paulo. O PSL gastou fundo partidário pra passar essa vergonha, ou passa vergonha de graça mesmo?”, escreveu Gil Diniz, deputado estadual.

Fonte: Metrópoles