O Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM) iniciou o agendamento para a visitação dos veículos que vão a leilão no final do mês de agosto. Esse será o segundo leilão do Detran Amazonas em 2021. Ao todo, 160 carros e 532 motos estarão disponíveis no certame, a ser realizado nos dias 27 e 28 de agosto, de forma inteiramente on-line, como tem ocorrido desde o ano passado.

Para ver os veículos, os interessados devem entrar em contato pelo Whatsapp (92) 98218-1717 ou 99192-0022 e agendar a visita. Elas podem ser feitas nos períodos de 19 a 21 e de 23 a 26 de agosto, nos horários das 9h ao meio-dia e de 13h às 16h, no galpão do Leilão do Norte, localizado na avenida Buriti, 6.500, bairro Distrito Industrial.

“É importante o cidadão fazer a visitação no local para inspecionar o veículo, porque ele não está comprando uma moto ou um carro novo, e sim um bem usado. A visitação também é uma forma da pessoa não cair em golpes”, defendeu o leiloeiro oficial, Luiz de Chirico Júnior.

O leilão será on-line, e o participante poderá dar os lances e acompanhar o pregão em tempo real pelo site www.leiloesdonorte.com.br.

No total, estarão disponíveis para arremate 692 veículos, sendo 532 carros e 160 motos. O lance mínimo para automóvel é de R$ 200 e para motocicleta é de R$ 100.

Mais informações sobre o leilão podem ser obtidas no Edital nº 02/2021, disponível no site do Detran (www.detran.am.gov.br).

Alerta – A coordenadora da Comissão de Leilão do Detran-AM, Gleice Barros, alerta as pessoas para não caírem no golpe do falso leilão. Essa prática criminosa tem crescido, principalmente com a opção pelo leilão on-line.

“Muitos golpistas criam sites falsos, mas com um visual parecido com o dos nossos leiloeiros oficiais, para aplicar o golpe. O site do atual leilão é o www.leiloesdonorte.com.br. Qualquer endereço de site diferente desse para o leilão de agosto é golpe”, assinala a coordenadora.

Gleice enumera ainda outras diferenças entre os leilões oficiais do Detran e leilões fraudulentos: “Nos leilões do Detran, o cidadão pode, e deve, ver pessoalmente o veículo que vai a pregão; no falso leilão, isso não acontece porque o bem não existe. E, por fim, no falso leilão, o golpista oferece um veículo por um preço definido, e nos leilões oficiais isso não ocorre. O valor é definido pelo menor lance, que o arrematante acompanha, em tempo real, no site oficial do leilão”.

FOTOS: Divulgação/Detran-AM