Até a tarde de ontem, o tema não era consenso entre os deputados.

A Assembleia Legislativa do Amazonas vota nesta quarta-feira (23) a proposta de prorrogação da CPI da Saúde por mais 60 dias. A votação acontecerá no plenário do Legislativo, onde os deputados terão que manifestar se aprovam, ou não, a continuidade das investigações.

O portal A Repórter esteve ontem na Aleam e descobriu que a prorrogação da CPI é um tema delicado entre os parlamentares. Até a tarde de ontem, o tema não era consenso entre os deputados.

A votação de hoje vai mostrar quais parlamentares apoiam a investigação e quais desejam sepultar a CPI. Nos bastidores da Aleam, ninguém sabe ao certo o resultado da votação.

Criada no final do mês de março para investigar suspeitas de irregularidades na Saúde Pública do Amazonas entre os anos de 2011 a 2020, a CPI teve o prazo de 120 para trabalhar.

O prazo termina na próxima terça-feira, dia 29 de setembro, por isso alguns deputados defendem a prorrogação por mais 60 dias, conforme é permitido pelo regimento interno do Legislativo Estadual.

Caso a investigação não seja prorrogada, o relator da CPI, deputado Fausto Jr, explica que o relatório está em fase de conclusão e será apresentado à sociedade no mês de outubro.

“Estamos trabalhando com as duas possibilidades. Se a CPI continuar, o relatório ficará ainda maior. Porém se a investigação terminar na próxima terça-feira, o relatório está quase pronto”, revelou Fausto Jr.