Representação se baseia em reportagem da Folha de S. Paulo.

O deputado federal Ivan Valente (PSOL-SP) acionou o Ministério Público Federal (MPF) para que abra investigação sobre os gastos do presidente Jair Bolsonaro (PL).
O pedido de apuração ocorre em torno dos valores referentes a internações no Hospital Vila Nova Star, em São Paulo. Desde que foi alvo de um atentado a faca durante a campanha de 2018, o político passou a dar entrada na rede hospitalar para tratar das sequelas.
Segundo informações de Mônica Bergamo, da Folha S. Paulo, a representação feita por Ivan, protocolada na Procuradoria da República no Distrito Federal, é baseada em uma matéria da Folha, veiculada no dia 7 de janeiro.
O conteúdo sugere que há informações ‘conflitantes’ sobre dados fornecidos pela Presidência da República e pela unidade privada, onde Bolsonaro esteve internado recentemente.

Ao oficializar o pedido, o parlamentar destaca a necessidade de esclarecimentos com os gastos, especialmente como tem sido o processo de quitação.
Ainda de acordo com Bergamo, “recaem dúvidas sobre a mobilização de um voo para transportar a São Paulo o médico Antônio Luiz Macedo”.
Na ocasião, o profissional de saúde estava de férias nas Bahamas. Ao tomar conhecimento da situação de Bolsonaro, decidiu retornar ao Brasil e acompanhar o chefe do Executivo federal.

Fonte: Conexão Política