No primeiro semestre, o serviço de denúncias da SSP-AM recebeu 6,2 mil denúncias.

De janeiro a julho de 2021, foram registradas mais de 6,2 mil denúncias ao número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM). Os crimes que lideram as chamadas do serviço são os de tráfico de drogas e maus-tratos a animais.

A partir de agora, o serviço de recepção de informações policiais servirá para embasar o trabalho da operação Cidade Mais Segura, criada pelo secretário de Segurança Pública, general Mansur, para ampliar a atuação das Polícias Militar e Civil em bairros com maior concentração de ocorrências. A operação faz parte do programa Amazonas mais Seguro e segue as diretrizes do Plano Estadual de Segurança Pública.

A gerente do disque-denúncia, Daiana Lima, ressaltou que a participação popular é fundamental para o trabalho desenvolvido pelo sistema de segurança. “Além das denúncias de tráfico de drogas, que são sempre elevadas, nós tivemos um número significativo de denúncias relacionadas aos maus-tratos de animais, desbancando até os crimes de roubo e furto”, disse.

Crimes – Em sete meses, as principais denúncias recebidas pelo 181 foram de tráfico de drogas. No período, foram registradas mais de 2,2 mil denúncias pela prática ilícita. Em segundo lugar no ranking das chamadas aparece o crime de maus-tratos a animais, totalizando 856 denúncias.

“Em relação ao crime de maus-tratos, o maior número de denúncias que recebemos foi de vizinhos que deixam o animal doméstico pegando chuva, sem alimentação e acorrentado. Essas denúncias são encaminhadas diretamente para a Delegacia Especializada em Crimes Contra o Meio Ambiente e Urbanismo (Dema)”, enfatizou Daiana.

Disque-denúncia – O sistema telefônico funciona gratuitamente e está disponível em todo o Amazonas. A denúncia pode ser feita por meio de celular ou telefones convencionais. Não há registro do telefone do denunciante.

As denúncias são repassadas à Polícia Civil para investigação. As chamadas são acompanhadas pela Secretaria de Segurança. O 181 funciona 24 horas, incluindo finais de semana e feriados.

FOTO: Acervo/SSP-AM