Antes liderado por Alfredo Nascimento, o indicador de rejeição volta a ter Amazonino na frente, com 24,5% de acordo com o Instituto Perspectiva.

O candidato a prefeito de Manaus David Almeida (Avante) cresceu em nova pesquisa e segue se mantendo como o único postulante à Prefeitura com condições de vencer o ex-prefeito Amazonino Mendes (Podemos), que voltou a registrar queda nas intenções de votos, segundo esse último levantamento. De acordo com o estudo do instituto Perspectiva, divulgado na manhã deste domingo (18), enquanto Amazonino caiu 0,8%, David cresceu 0,4%, em relação aos dados anteriores.

David avançou de 17,2% para 17,6%, já Amazonino caiu de 31,6% para 30,8%. Depois de David, o pelotão dos cinco primeiros colocados nas intenções de votos dos eleitores manauaras segue com o candidato do PT, José Ricardo (9,4%), Alfredo Nascimento (6,3%) e Capitão Alberto Neto (6,2%). O segundo bloco segue com Ricardo Nicolau como o sexto colocado, com 5,8%, seguido do Coronel Menezes (3,6%), Chico Preto (2,5%), Romero Reis (1,4%), Marcelo Amil e Gilberto Vasconcelos, ambos com 0,2%.

“Com nossa campanha nas ruas e nossos programas de TV sempre focados em apresentar propostas para a população, acredito que esses números devam crescer ainda mais nas próximas pesquisas. Temos nos empenhado muito em trabalhar em cima do nosso Plano de Governo, que está excelente e focado em pontos estratégicos para melhorar Manaus. Isso e a minha presença e a de Marcos Rotta, nas ruas, onde as pessoas mais precisam, é o principal diferencial da nossa caminhada”, afirmou David.

Além seguir em queda na preferência dos votos, desde a terceira pesquisa da Perspectiva, registrada no dia 7 de outubro, Amazonino segue crescendo no indicar de rejeição – quando o eleitor é perguntado em qual candidato ele não votaria de jeito nenhum. Antes liderada por Alfredo Nascimento, o indicador de rejeição volta a ter Amazonino na frente, com 24,5%, seguido de Nascimento, com 23,5%. Hoje, o principal adversário político de Amazonino, David segue com um dos menos indicadores de rejeição, com 4,4%.

Desde setembro, essa é a quarta pesquisa do instituto Perspectiva, do publicitário Durango Duarte. De acordo com informações da empresa, o estudo que foi registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), sob o número AM-05472/2020, foi realizado com recursos próprios. Nele os pesquisadores ouviram o total de 1.000 eleitores, nas seis zonas geográficas de Manaus, entre os dias 12 e 13 de outubro.

Com um grau de confiabilidade de 95%, a margem de erro da pesquisa é de 3,1%, para mais ou para menos. Diante dessa margem de erro, Amazonino e David seguem quase que isolados, a caminho do segundo turno. Em pesquisas anteriores, que realizaram cenários de segundo turno, David foi o único com condições de vencer o ex-prefeito Amazonino.