Durante o ano, revelamos uma série de técnicas infalíveis para ganhar massa muscular. Confira as melhores.

Treino para ganhar massa muscular foi um dos assuntos que fizeram mais sucesso em 2021. Muito provavelmente porque, após o confinamento imposto pela pandemia de Covid-19, muitas pessoas se deram conta da importância de sair do sedentarismo e iniciar uma vida fitness, com atitudes mais saudáveis.
Além disso, não podemos negar que a musculação é uma atividade democrática e cercada de benefícios. Já vimos, inclusive, que ter músculos mais fortes e saudáveis pode ajudar o organismo humano a liberar mais de 600 substâncias benéficas. Componentes que possuem a capacidade de aumentar a longevidade, melhorar o humor, o desempenho sexual e muito mais.
Sem falar que uma musculatura bem trabalhada também melhor a aparência física e, consequentemente, a autoestima. Por isso, separamos cinco tipos de treino e os motivos que os fizeram ser tão procurados em 2021. Confira:

Treino de ombro

“O ombro vai pagar a conta de uma postura fraca e essa postura começa lá nos pés. Por isso que em nossa sequência temos exercícios para melhorar a postura. O que impacta no melhor alinhamento de tronco e dos ombros”, explica o educador físico, Giulliano Esperança.

Treino de braço

“Muitos dos meus alunos exageram em exercícios de bíceps e tríceps, que são músculos pequenos, estressam muito rápido e têm um recrutamento muito alto em outros exercícios. Então, não faça tantas séries por semana. Mais ou menos 10 ou 12 séries para cada um desses músculos em cada sessão de treinamento, nessas duas vezes por semana, está excelente. Treine até a falha sempre”, recomenda o assessor esportivo, Leandro Twin.

Treino de abdômen

“Mesmo que você tenha um percentual um pouco maior de BF [gordura corporal] e mesmo que você tenha um pouquinho de retenção de água, é possível mostrar o abdômen, se os músculos estiverem densos e bem trabalhados”, revela o atleta profissional IFBB, Renato Cariani.

Treino de glúteo

“Um glúteo enfraquecido pode trazer vários problemas de saúde, como dores na coluna, lombar, quadril e joelho. Principalmente para as pessoas que ficam muito tempo sentadas. Acontece a inibição do glúteo e ele fica inativo. Essa amnésia glútea pode gerar várias lesões. Por isso, temos que estimular o glúteo, para ele voltar a viver”, conta a personal trainer, Vivi Freitas.

Treino de panturrilha

“Não treine diferente de outros grupos musculares em termos de repetições. A hipertrofia vai acontecer muito bem fazendo em torno de 6 a 12 movimentos. Eu vejo pessoas fazendo 50 repetições em exercícios de panturrilha, esse ácido láctico não vai gerar hipertrofia a mais”,

Fonte: Sport Life