Durante a sessão virtual desta quarta-feira (8/4) da Câmara Municipal de Manaus (CMM), o vereador Dante (PSDB) apresentou a indicação 072/2020, endereçada à Prefeitura de Manaus, pedindo que a mesma auxilie as cooperativas do transporte alternativo, conhecidos como Amarelinhos, junto ao Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram) para que baixe em 50% o valor do validador, sistema que recebe o pagamento da meia passagem estudantil e do vale transporte, especificamente para os ônibus alternativos que circulam na zona Leste de Manaus.

Segundo o vereador os trabalhadores do sistema de transporte alternativo estão com dificuldades para pagar o valor devido ao validador, por conta da redução no número de passageiros. O sistema, que é válido para todos os alternativos, depende do pagamento do aluguel, pago ao Sinetram, e que tem o objetivo de atender aos usuários que usam a carteira estudantil e o vale transporte.

De acordo com Dante, na zona Leste, esse meio de transporte é muito utilizado pela população que reside naquela área, atuando de forma complementar ao sistema de transporte coletivo. “Por conta disso, peço para que o prefeito Artur Neto (PSDB) auxilie a classe. O Sinetram já foi acionado e se posicionou de forma irredutível, não baixando o valor do aluguel. Nós sabemos que pouca gente está andando de ônibus, é o momento que todos estão fazendo o esforço coletivo do isolamento social, é o momento que cada um de nós está fazendo a sua parte para fazer com que a cidade de Manaus possa avançar e vencer esse período de pandemia”, enfatiza o vereador.

Ainda durante a sessão desta quarta-feira, o vereador parabenizou o juiz federal Itagiba Catta Preta Neto, da 4ᵃ Vara Federal, do Distrito Federal, que determinou que a União bloqueie e os recursos do fundo partidário e que os mesmos sejam usados para combater a epidemia de coronavírus no país.