O cientista Denis Logunov afirmou que o imunizante é o que apresenta menor perda de eficácia contra a nova variante do coronavírus.

O cientista Denis Logunov, desenvolvedor da vacina Sputnik V, disse, na terça (29/6), que o imunizante russo é eficaz contra a variante Delta, identificada pela primeira vez na Índia. Segundo ele, “a eficácia da vacina contra a variante Delta está acima de 90%”, afirmou.

De acordo com o Instituto Gamaleya, que criou a vacina, a Sputnik V é 92% eficaz contra a cepa original do coronavírus.

De acordo com o Gamaleya, a eficácia contra a variante Delta foi calculada com base em informações de registros médicos e de vacinação. “A Sputnik V mostra um declínio menor na eficácia contra o Delta do que qualquer outra vacina com resultados publicados a respeito da eficácia contra a variante Delta”, disse.

As declarações do cientista foram publicadas na conta da Sputnik V no Twitter.

https://twitter.com/sputnikvaccine?ref_src=twsrc%5Etfw%7Ctwcamp%5Etweetembed%7Ctwterm%5E1409841084159700993%7Ctwgr%5E%7Ctwcon%5Es1_&ref_url=https%3A%2F%2Fd-1407247428301278993.ampproject.net%2F2106182132000%2Fframe.html

Fonte: Metrópoles