Em sua oitiva, Ivanildo Gonçalves admitiu ter sacado grandes quantias de dinheiro da conta da VTC Log em agências bancárias.

O depoimento do motoboy da VTC Log Ivanildo Gonçalves da Silva levou o presidente da CPI da Covid-19, senador Omar Aziz (PSD-AM), a cobrar esclarecimentos e informações da Caixa Econômica Federal.

Durante sua oitiva na comissão, na quarta-feira (1/9), o motoboy admitiu ter sacado grandes quantias de dinheiro da conta da empresa em agências bancárias, entre elas, uma da Caixa no Aeroporto Internacional de Brasília.

Em ofício enviado ao banco, o presidente da CPI questiona se agência do aeroporto chegou a comunicar ao Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras) as “transações atípicas” dos saques.
A comissão também indaga a instituição financeira “qual a maior agência da Caixa, com o maior número de clientes” e “quantas agências” da Caixa existem próximos à sede da empresa VTC Log, em Brasília.

Ao banco, Aziz argumentou que precisa das informações “diante de indícios de irregularidades na prestação de serviços pela referida empresa ao Ministério da Saúde”.

Também ressaltou que o histórico de contratos da VTC Log com a administração pública é “associado a superfaturamento e suspeitas de corrupção, inclusive com apuração do Tribunal de Contas da União.”

Fonte: Metrópoles