Comunicado destaca a importância das atitudes de prevenção ao coronavírus no momento em que a doença atinge novo pico no país.

Com hospitais beirando o colapso, 45 entidades médicas do Brasil divulgaram um manifesto, na tarde deste domingo (28/2), reforçando a importância do uso de máscaras no combate à Covid-19.

No manifesto deste domingo, os médicos destacaram ainda outras medidas necessárias contra a disseminação da doença, como o distanciamento físico, o não compartilhamento de objetos de uso pessoal e a higienização das mãos.

Confira nota na íntegra:

As 45 Sociedades médicas que assinam esse manifesto, fazem um apelo à população brasileira e sociedade civil, reforçando a importância imprescindível do uso de máscaras, além do cumprimento de outras ações para contenção da pandemia da Covid-19, como o distanciamento físico, não compartilhamento de objetos de uso pessoal e a higienização das mãos.

Máscaras são instrumentos eficazes para a redução da transmissão de vírus respiratórios e são preconizadas na atual pandemia para uso, não apenas por profissionais da saúde no cuidado de indivíduos com suspeita ou diagnóstico de Covid-19, mas por todos. O uso correto da máscara é a ação pessoal com efeito coletivo fundamental para diminuir a circulação do vírus da Covid-19 que assola o país neste momento.

No dia 25 de fevereiro de 2021, atingimos a marca de mais de 250 mil mortes por Covid-19 no Brasil, sendo 1582 mortes em um único dia, uma morte por minuto. Os hospitais da rede pública e privada de muitos municípios do Brasil encontram-se com a ocupação quase máxima, podendo levar ao risco, a vida daqueles que necessitem de assistência médica hospitalar por qualquer doença. A vacinação ainda caminha em passos lentos e de forma descontínua retardando seus efeitos benéficos.

É urgente que as medidas efetivas para diminuir a transmissão da doença sejam assumidas pela população como compromisso social para diminuir a possibilidade do surgimento de novas variantes do vírus e o colapso total dos serviços de saúde de todo país.

Acreditamos que é de suma importância este posicionamento público, de entidades competentes, em orientar a população com informações seguras e baseadas na ciência, de forma clara e convergente. Direcionamentos contrários desconstroem, confundem e agravam a situação do país.

Assinam esse manifesto:

• 1. Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia
• 2. Associação Alagoana de Doenças do Tórax
• 3. Associação Amazonense de Pneumologia e Cirurgia Torácica
• 4. Associação Brasileira de Alergia e Imunologia
• 5. Associação Brasileira de Medicina Física e Reabilitação
• 6. Associação Brasileira de Transplante de Órgãos
• 7. Associação Brasiliense de Medicina da Família e Comunidade
• 8. Associação Catarinense de Pneumologia e Tisiologia
• 9. Associação de Medicina Intensiva Brasileira
• 10. Associação de Medicina Intensiva do DF
• 11. Associação de Pneumologia e Cirurgia Torácica do Rio Grande do Norte
• 12. Associação Maranhense de Pneumologia e Cirurgia Torácica
• 13. Associação Médica de Brasilia
• 14. Associação Paraense de Pneumologia e Tisiologia
• 15. Associação Paranaense de Pneumologia e Tisiologia
• 16. Associação Paulista de Medicina de Família e Comunidade
• 17. Associação Pernambucana de Pneumologia e Tisiologia
• 18. Faculdade de Medicina de Botucatu / Unesp
• 19. Sociedade Brasileira de Anestesiologia
• 20. Sociedade Brasileira de Cardiologia
• 21. Sociedade Brasileira de Cirurgia Torácica
• 22. Sociedade Brasileira de Dermatologia
• 23. Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia
• 24. Sociedade Brasileira de Hepatologia
• 25. Sociedade Brasileira de Infectologia
• 26. Sociedade Brasileira de Nefrologia
• 27. Sociedade Brasileira de Patologia
• 28. Sociedade Brasileira de Patologia Clínica / Medicina Laboratorial
• 29. Sociedade Brasileira de Pediatria
• 30. Sociedade Brasileira de Reumatologia
• 31. Sociedade Brasileira de Trombose e Hemostasia
• 32. Sociedade Brasileira para a Qualidade do Cuidado e Segurança do Paciente
• 33. Sociedade Brasiliense de Doenças Torácicas
• 34. Sociedade Brasiliense de Reumatologia
• 35. Sociedade Cearense de Pneumologia e Tisiologia
• 36. Sociedade de Pneumologia da Bahia
• 37. Sociedade de Pneumologia do Espírito Santo
• 38. Sociedade de Pneumologia e Tisiologia do Mato Grosso
• 39. Sociedade de Pneumologia e Tisiologia do Rio de Janeiro
• 40. Sociedade de Pneumologia e Tisiologia do Rio Grande do Sul
• 41. Sociedade Goiana de Pneumologia e Tisiologia
• 42. Sociedade Mineira de Pneumologia e Tisiologia
• 43. Sociedade Paraibana de Tisiologia e Pneumologia
• 44. Sociedade Paulista de Infectologia
• 45. Sociedade Paulista de Pneumologia e Tisiologia
• 46. Sociedade Paulista de Reumatologia

Fonte: Metrópoles