São vários países que têm sua gastronomia representada nos quatro cantros do Brasil, conheça o prato mais icônico de cada uma.

A gastronomia internacional está presente em praticamente qualquer região brasileira. Alguns países têm representantes tão tradicionais nas cidades que suas histórias se confundem com o do próprio lugar. Aqui, separo algumas das culinárias que mais encontramos e o prato que considero imperdível em cada uma delas. Confira!

Italiana

A cozinha italiana é tão difundida pelo Brasil, não só pela colonização, mas também pelo apreço que temos; que muito brasileiro deve achar que o espaguete é nosso. E é ele mesmo que acho que você não deve perder de forma alguma. O espaguete ao pesto, para ser mais preciso. Pesto é um molho à base de manjericão, pinole (uma castanha local, muito cara aqui, mas que pode ser substituída por castanha-do-pará), parmesão, alho e azeite. O molho é de um frescor único e o sabor com um bom espaguete al dente é imperdível.

Francesa

Outra que é muito difundida por aqui e possui inúmeros representantes em todo canto é a culinária francesa. Mas nem todos possuem um dos seus mais icônicos pratos, o cassoulet. Conhecida como “feijoada de feijão branco”, a receita consiste em um cozido que mistura pedaços de pato, porco e linguiças. Normalmente, o guizado é servido com uma crosta gratinada de pães. Simplesmente delicioso.

Portuguesa

Nessa vou tirar licença poética e fugir dos bacalhaus, que são sim imperdíveis, mas não são tão emblemáticos quanto o arroz de pato. Normalmente um arroz bem caldoso, cozido no caldo do próprio animal e servido com linguicinhas em lâminas e uma coxa de pato confitada por cima. Um primor.

Chinesa

Esqueça os frangos xadrez, a carne acebolada e o arroz colorido. Diga oi para o pato de Pequim. Um pato inteiro é laqueado num processo que dura horas (normalmente é necessário encomendar um dia antes no estabelecimento). Seu consumo também é um ritual. Ele costuma ser servido com panquequinhas, cebolinha, um molho espesso à base da carcaça da ave e o animal cortado em finas fatias que devem possuir carne, gordura e pele. Depois você enrola tudo na panquequinha e vai ao céu!

Peruana

Hoje em dia bastante popular em vários locais, a cozinha peruana tem como prato emblemático o ceviche. Peixe cru com o chamado leite de tigre, que é um caldo feito com limão; ervas e caldo de peixe. Cada um tem a sua receita e costuma valer a pena provar todos.

Alemã

Também devido à colonização, principalmente no Sul do país, é bastante popular entre os brasileiros. Recomendo provar um eisbein, ou seja, joelho defumado de porco, com o conhecido chucrute, um fermentado de repolho roxo. Tudo acompanhado de uma boa cerveja e uma certeza de que seu sistema digestivo terá trabalho depois!

Japonesa

Nessa eu vou fugir do lugar comum dos sushis e sashimis e recomendar que provem os lámens. São espécies de sopas com caldo feito na casa (o que torna cada restaurante único), noodles (macarrão que lembra o miojo) geralmente artesanais, carne e vegetais. Um verdadeiro abraço no estômago.

Fonte: Metrópoles