Será promulgada nesta quinta-feira (02), no Congresso Nacional, a emenda constitucional que adia as eleições municipais para os dias 15 e 29 de novembro. A garantia é do presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia, que na quarta-feira (01/07) realizou dois turnos de votação para aprovar a Proposta de Emenda à Constituição n. 18/2020, que altera a data das eleições.

Com a mudança, o calendário eleitoral programado para os dias 4 e 25 de outubro foi transferido para 15 e 29 de novembro.

A promulgação está marcada para as 10h (horário de Brasília) e será transmitida pelas TVs Câmara e Senado.

A bancada amazonense na Câmara Federal votou a favor da mudança da data, com exceção do deputado Marcelo Ramos, que seguiu orientação do Partido Liberal (PL).

Os deputados Átila Lins, Capitão Alberto, José Ricardo, Delegado Pablo, Bosco Saraiva, Sidney Leite e Silas Câmara votaram favoráveis à Pec.

No plenário, vários parlamentares mudaram de ideia na última hora. É o caso do deputado Átila Lins, que até a manhã de quarta-feira dizia ser contra o adiamento das eleições.

O deputado sofria pressão de prefeitos do interior do Amazonas, que são contra mudanças no pleito. Na hora da votação, ocorrida à noite, Átila mudou de ideia e votou pelo adiamento das eleições.