Qual tipo de passageiros você é? É daqueles conseguem dormir em qualquer lugar? Ou tem dificuldades para pegar no sono durante a viagem? Eu me enquadro na segunda opção de não conseguir dormir no avião. Seja por ansiedade, mudanças bruscas no fuso horário ou uma poltrona desconfortável, o importante é chegar bem e descansado no seu destino para aproveitar cada momento, além, é claro, amenizar os efeitos do jet lag. Conheça 05 dicas que irão te ajudar a pegar no sono em sua próxima viagem.

1 – Escolha do assento para dormir no avião

A escolha de um bom assento no avião é fundamental na hora do sono. Se o seu objetivo é relaxar e dormir o melhor, a melhor escolha é a poltrona da janela. Nela você terá mais tranquilidade e será menos incomodado. Eu já prefiro sentar ao lado do corredor para ter maior liberdade em ir ao banheiro ou circular na aeronave, mas eles são ruins devido às pessoas que circulam e esbarram em você a todo o momento.

Os assentos do meio são os piores da aeronave, ainda mais em voos longos. A exceção é quando o seu intuito é conseguir uma fileira inteira para viajar. Se a aeronave não está muito cheia, você pode tentar escolher o assento do meio ao fundo do avião, a área normalmente menos ocupada do avião. Com sorte, as poltronas ao seu lado podem ficar vazias e você viajar numa fileira de três assentos e dormir deitado. Para aumentar suas chances analise a quantidade de assentos já escolhidos pelos outros passageiros durante o check-in online ou pergunte ao atendente do balcão da companhia no aeroporto, ele pode te auxiliar.

Outra dica é ter cuidado ao escolher as fileira da saída de emergência, pois algumas poltronas não reclinam. O mesmo geralmente também acontece na última fileira. As primeiras fileiras de cada classe se destacam por oferecerem mais espaço para as pernas, mas os braços entre as poltronas não levantam.
É importante também fugir dos assentos perto dos banheiros e das galleys, a cozinha da aeronave. Nestas áreas geralmente há muito barulho além da movimentação da tripulação e demais passageiros.

2 – Máscara para dormir no avião

Item obrigatório para uma boa noite de sono. A luz da cabine ou os raios de sol do lado de fora podem te atrapalhar na hora do cochilo. Em voos longos durante o dia, as comissárias até pedem para que as janelas sejam fechadas para o maior conforto dos passageiros, mas muitas vezes algumas são abertas e a claridade atrapalha quem tenta dormir.

Muitas vezes a máscara é distribuída gratuitamente em alguns voos internacionais, mas tem se tornado item raro cada vez mais, com exceção, é claro, se a viagem é nas classes executiva ou primeira. Para não ficar sem, é importante providenciar uma bem confortável antes do voo.

3 – Protetor auricular para dormir

Este item, como a máscara, são para mim os mais fundamentais para uma melhor noite de sono durante um voo. Sempre levo os meus numa viagem longa. Os protetores ajudam a minimizar o ruído dos motores e os barulhos da cabine, como conversa de outros passeiros, barulho do serviço de bordo e crianças chorando.
Há no mercado dois tipos de protetores: de espuma ou de cera. Sempre compro o de espuma na farmácia, mas também eles podem ser adquiridos em casas de material de construção. Os protetores são itens distribuídos gratuitamente nos amenities kits da classe executiva e primeira.

4 – Sons relaxantes

Já ouviu falar do ruído rosa? Os especialistas indicam ele para você ouvir, relaxar e ter uma ótima noite de sono. Este ruído soa mais equilibrado e uniforme do que o ruído branco, sendo mais pobre em altas frequências (sons agudos). É um som mais suave e homogéneo semelhante à chuva de luz ou ao sussurro das folhas de árvores numa floresta devido ao vento. Coloque no seu dono de ouvido algo como o som de ondas da praia, chuva constante ou o caminhar por folhas. Segundo um pequeno estudo conduzido na Front Neurology descobriu que ouvir o ruído rosa diminuiu o tempo que os participantes levaram para adormecer em 38 por cento.

5 – Travesseiro ou apoio de cabeça

Quem nunca tentou dormir com aqueles pequenos travesseiros distribuídos no avião? Quando colocado no pescoço eles escorregam e mais atrapalham do que ajudam. Para mim, eles só servem para aliviar o encosto da base das costas na poltrona. O melhor mesmo é levar aquele travesseiro que fica preso ao pescoço e assim relaxar a cabeça para conseguir dormir sentado. A falta de apoio no pescoço pode também provocar um belo torcicolo.

Fonte: Melhores Destinos