Com revitalização de parques, Wilson Lima reforça missão do Prosamim

Governador reinaugurou Parque Urbano Desembargador Paulo Jacob, no Centro, nesta quinta-feira (16/07)

Um espaço que estava há dez anos sem receber melhorias acaba de ser entregue à população de Manaus completamente revitalizado. O Parque Urbano Desembargador Paulo Jacob, localizado no Centro, reabriu as portas nesta quinta-feira (16/07) em cerimônia com a presença do governador Wilson Lima.

Na reinauguração, o governador frisou a importância do espaço para as famílias do entorno. “Esse é um parque que desde 2010, quando foi inaugurado, não tinha nenhum tipo de reforma, e a gente conseguiu isso junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), com investimento de aproximadamente R$ 1 milhão. Esse parque revitalizado é importante porque valoriza essa área, dá dignidade, dá respeito para quem mora aqui”, afirmou.

Maria Auxiliadora mora há 15 anos em frente ao parque e destacou a atenção do Estado para com o local, que também receberá reforço no policiamento. “Agora a praça está linda, dá orgulho. Agora as quadras estão maravilhosas e está tudo arrumado, mas antes ficou tudo quebrado, os ladrões arrancaram desde a lixeira. Levaram tudo, as lâmpadas, levaram tudo que podiam”, comentou a moradora.

Fortalecimento – A reforma dos parques urbanos do Prosamim foi anunciada em 2019 pelo governador Wilson Lima, com o objetivo de devolver importantes espaços públicos à população da capital.

Estrutura – O Parque Urbano Desembargador Paulo Jacob foi construído sobre o Igarapé de Manaus e promoveu o resgate urbanístico de uma área alagadiça, onde havia ocupações irregulares, acúmulo de lixo, falta de saneamento básico, além do perigo das enchentes.

A reforma incluiu serviços de pintura, readequação de quiosques, reforma do pavimento e banheiros, instalação/substituição de gradeamento, plantio de 300 mudas e serviços de iluminação. Também foram implantados playgrounds infantis e as quadras esportivas passaram por revitalização.

FOTOS: Diego Peres e Michell Mello/Secom