Quarenta reeducandos do Instituto Penal Antônio Trindade (Ipat), localizado no Km 8 da BR-174 (Manaus-Boa Vista), atuam na reforma de duas quadras poliesportivas da unidade prisional. Com isso, o total de quadras aptas para o uso, no Ipat, passará a ser três. A iniciativa é uma parceria da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) com a cogestora RH Multi.

As duas quadras se encontravam em estado deteriorado. Os internos estavam utilizando a primeira quadra, reformada em maio, para fins recreativos e de banho de sol. A mão de obra nas demais quadras foi necessária para melhor distribuir a massa carcerária e assim, aproveitar todos os espaços físicos da unidade.

Os reeducandos do programa de ressocialização “Trabalhando a Liberdade” atuam na reforma das duas quadras poliesportivas, há dois meses, cuja previsão de entrega é dezembro. Serviços de alvenaria, pintura, soldagem e hidráulica fazem parte da obra. Eles também serão responsáveis pela instalação das treliças metálicas dos ambientes, estrutura essencial para a segurança dentro do presídio.

O diretor do Ipat, Márcio Pinho, explicou a importância que a reforma das quadras implicará no desenvolvimento dos apenados. “Sempre com a preocupação de assegurar os benefícios e oportunidades a eles garantidos pela lei, a unidade tem apostado nas atividades desportivas para desenvolver valores como colaboração em equipe, disciplina e responsabilidade, ajudando dessa forma no resgate da autoestima do reeducando”, disse.

As quadras são utilizadas para o banho de sol dos internos, a realização de eventos e também torneios de futsal. São ainda realizadas atividades de ginásticas laborais e as preleções diárias da direção da unidade e o corpo técnico.

Remição pelo trabalho – A Lei de Execução Penal (LEP) garante ao apenado a remição de um dia de sua pena a cada três dias de trabalho.

Fotos: Divulgação/Seap