MANAUS – O assassinato da dona de casa Verônica Sena dos Santos, de 37 anos, chamou a atenção e chocou pela brutalidade com que foi praticado. Ela foi morta com onze facadas e depois teve o corpo queimado pelo próprio marido.

O crime ocorreu na noite de sábado (1), na residência onde morava o casal no Beco José Antunes, Morro da Liberdade, Zona Sul de Manaus.

Moradores vizinhos disseram ter ouvido antes de discussão e após um silêncio sentiram cheiro de fumaça.

Ao irem até a residência já encontraram o quarto incendiado e o corpo queimado da doméstica.

Os moradores ainda chegaram a segurar o marido identificado apenas por Wilson, mas o mesmo conseguiu fugir.

Vizinhos relataram uma série de desentendimentos entre o casal e eles acreditam que o motivo pode ter sido ciúme. É provável que Wilson tenha premeditado o crime já que foi achado combustível no local que foi usado para atear fogo na esposa.

A Polícia segue investigando o caso.

Fonte: Portal Caboco