Segundo dados da Defesa Civil do Estado, o número total de atingidos já chega a 629.398 pessoas.

Subiu para 24 o número de mortos em decorrência das enchentes que atingem diversas regiões da Bahia. As informações são da Superintendência de Proteção e Defesa Civil do estado (Sudec), com base nos dados recebidos das prefeituras.
Nesta quarta-feira (29), foram confirmadas as mortes de um casal, que teve o carro arrastado pela enxurrada em São Félix do Coribe, e um morador de Ubaitaba, que foi atropelado por um motorista que perdeu a visibilidade por causa das chuvas.

https://youtu.be/_Ab9blH6iyQ

Dos 141 municípios afetados pelas chuvas, 132 declararam situação de emergência. Além de São Félix do Coribe e Ubaitaba, outras 11 cidades registraram mortes em decorrência das enchentes.
Na tarde desta quarta-feira (29), o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, disse em entrevista à CNN que o Governo Federal está atuando em conjunto com o governo do estado da Bahia, com as prefeituras e com a Defesa Civil dos municípios para acolher as vítimas, mapear a situação e reconstruir as regiões afetadas após o fim das enchentes.

Marinho reforçou que tem atuado diretamente e conversado com ministros de outras pastas para auxiliar a população baiana nas ações mencionadas, além de monitorar diariamente as necessidades do estado da Bahia.
“Nosso dever é monitorar e apoiar essa população afetada pelas chuvas, não só na Bahia. Estamos dispostos a fazer o que for necessário para apoiar essa população. Temos uma estrutura à disposição da Bahia. Estamos fazendo nossa parte neste primeiro momento, que é de acolhimento”, disse o ministro.

Fonte: CNN