Casal teve um bebê que morreu algumas horas após o parto prematuro, no dia 31 de maio.

Maria Lina usou a sua conta no Instagram nesta sexta-feira (13/8) para anunciar aos seus seguidores que o relacionamento com o humorista Whindersson Nunes chegou ao fim.

Desde que o filho do casal, João Miguel, morreu após o parto prematuro, na madrugada do dia 31 de maio, o agora ex-casal evitava aparecer junto em suas redes sociais.

“Foi um prazer compartilhar a vida com você até aqui. Construímos uma história linda!! Nos amamos e nos respeitamos todos os dias que estivemos juntos. Eu e Whindersson não estamos mais juntos, mas nos respeitamos muito e vamos estar pra sempre ligados pelo fruto do nosso amor. Esperamos que vocês respeitem nossa decisão, e acima de tudo, não procurem um culpado. Sabemos que nossa vida é pública, mas, existem coisas que somente as 4 paredes de uma casa sabem. Com carinho, Maria”, escreveu ela.

Relembre

Em julho de 2020, o casal foi flagrado junto, após o fim do relacionamento do humorista com a cantora Luísa Sonza, com quem foi casado por dois anos. Em novembro, ele assumiu o romance, durante viagem ao Jalapão, no Tocantins.
Em janeiro deste ano, Whindersson Nunes anunciou que seria pai pela primeira vez. O humorista postou alguns cliques exibindo a barriga da noiva e fez uma declaração para ela e para o bebê.

“Não sei se você vai ser menino ou menina, mas quero que você saiba que passei a minha vida inteira indo atrás do melhor pra você, não sei se você vai empinar pneu de moto ou balé, mas quero que você saiba que seu pai trabalhou muito para dar a você a opção de poder escolher. Meu Deus, como eu quero que você faça o que você quiser. Hoje penso tanto em como o mundo vai estar quando você nascer, uma preocupação que não tinha pra mim mesmo​”, disse ele na época.

No dia 31 de maio, o primeiro filho do comediante com a estudante Maria Lina, João Miguel, morreu algumas horas após o parto prematuro. O bebê havia nascido no dia 29, prematuro de 22 semanas, em uma maternidade de São Paulo, onde estava sob cuidados médicos. Desde então, Whindersson Nunes nunca deixou de declarar que a morte da criança foi um grande trauma em sua vida e que sempre está pensando no pequeno.

Fonte: Metrópoles