Jovem teria sido convidada para fazer fotos para um comercial em um sítio de Manacapuru é foi estuprada.

Um cantor gospel, de 33 anos, foi preso suspeito de estuprar uma adolescente de 16 anos em Manacapuru (AM), na terça-feira (8). A jovem teria aceitado uma proposta de trabalho do cantor, que quando aconteceu o crime. Após a denúncia, duas outras mulheres procuraram a polícia para denunciá-lo.

Orientado pelo advogado, o cantor Adriano Menezes afirmou à polícia que só prestaria depoimento em juízo. Ele não falou sobre o caso.

A delegada responsável pelo caso, Roberta Merly, explicou que o cantor teria contratado a adolescente para fazer uma sessão de fotos para um comercial de uma academia. Ele teria levado a adolescente para um sítio em uma estrada da região, onde aconteceu o estupro.

Ainda de acordo com a delegada, após o crime, o cantor teria chamado um mototáxi para levar a moça de volta à cidade.

Segundo a delegada, a adolescente teria contado o fato para a mãe, que a levou para a delegacia.

“Ele se aproveitou de mim, porque nesse momento eu estava precisando de trabalho. Eu tenho um filho. Ele me enganou”, disse a adolescente à reportagem. “Eu estava sem reação, eu estava em choque, não sabia o que fazer. Olha a minha estrutura para a dele, para eu lutar com um cara desse, era arriscado ele tirar a minha vida. Eu pensava muito no meu filho, como meu filho iria viver sem mim se ele é muito apegado a mim”.

Outras vítimas

Após a divulgação do crime, duas outras vítimas procuraram a polícia para denunciar o cantor por estupro.

Segundo a delegada, uma das mulheres prestou depoimento na quarta-feira (9) e afirmou não ter denunciado antes por ter medo do suspeito. Agora, ela decidiu procurar a polícia porque o suspeito está preso.

Fonte: G 1 Am